PREFEITURA DE PIRATININGA ACOMPANHA AS AÇÕES DE USO RACIONAL REALIZADAS PELA SABESP

A prefeitura municipal de Piratininga, através da Sabesp, fornece água para abastecimento público.

Essa atuação da Sabesp tem previsão em contrato até o ano de 2037, atualmente estão presentes no município cerca de 4.500 ligações de água gerando um volume estimado de 2.000.000 litros por dia.

Como gestora do abastecimento público do município à empresa, juntamente com a prefeitura, tem a responsabilidade de zelar por esse bem, e realizar o mesmo de maneira a gerar o menor desperdício possível.

Para isso a Sabesp realiza diversas ações para garantir que o uso da água seja realizada da melhor maneira possível, tanto em relação ao uso correto como do acompanhamento de possíveis perdas.

Dentre as principais ações realizadas nesse sentido podemos citar: troca de hidrômetros com mais de 8 anos na rede, pesquisa de vazamentos, troca de ramais de água levantamento de fraudes.

Segundo o responsável pelo posto da Sabesp municipal, senhor Jorge Sarturato, no período de outubro de 2016 a julho 2017 podemos citar as seguintes ações de uso racional da água no município:

  • Executado pesquisa de vazamentos em 7.611 pontos.
  • Executado a troca de 115 de ramais de água.

Além disso foram avaliadas, durante a leitura da água, possíveis irregularidades nos hidrômetros (fraudes).

As ações realizadas são de extrema importância para o uso racional da água em nosso município, e conservação dessa matéria prima tão importante para o nossa sobrevivência e desenvolvimento de maneira sustentável.

 

Imagem google

 

Como funciona a distribuição e manutenção da água:

 

Depois de tratada, a água é armazenada em reservatórios de distribuição para, depois, ser levada até os reservatórios de bairros, estrategicamente localizados. De lá, a água segue por tubulações maiores (adutoras) e entra nas redes de distribuição até chegar ao consumidor final.

Geralmente, o armazenamento é feito em caixas-d’água. A responsabilidade da Sabesp é levar a água até a entrada da residência, onde estão o cavalete e o hidrômetro (o relógio que registra o consumo de água).

A partir daí, o cliente deve cuidar das instalações internas e da limpeza e conservação do seu reservatório.

A Sabesp recomenda que a caixas-d’água seja limpa a cada 6 meses e fique devidamente fechada, evitando a sujeira e a contaminação por insetos ou animais.

A Sabesp também realiza manutenções preventivas nas instalações, para evitar problemas emergenciais. Entre esses trabalhos, estão a troca de equipamentos, limpeza, desinfecção de reservatórios e conserto de vazamentos.

Mais informações: http://site.sabesp.com.br/site/interna/Default.aspx?secaoId=240

 

Compartilhar

Comentários

    Nenhum comentário registrado. Seja o primeiro!

Deixar um comenário

Atenção: seu e-mail não será publicado.

ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
Por Favor, aguarde...